Prós e contras da castração: qual o melhor momento para fazer?

Atualizado: 4 de Jul de 2018

A castração é um assunto que assusta e gera dúvidas em muitos tutores, leia o post e saiba mais


A castração é um procedimento que, comprovadamente, promove o controle populacional e

aumenta a expectativa de vida dos pets. Ainda que ocorram algumas alterações no comportamento, aspectos como personalidade, hábitos adquiridos e habilidades características, que não sejam influenciáveis por hormônios sexuais, não mudam. Existe a ideia que pets castrados ficam obesos. Na realidade, os pets ficam mais sedentários.

Se ele receber acompanhamento e monitoramento veterinário, a obesidade geralmente pode

ser evitada.


Cães e gatos já PODEM ser castrados desde filhotes, mas NÃO HÁ um momento exato para

castrar. Preferencialmente o esquema vacinal deve estar completo. Para benefícios

comportamentais, desejáveis pela maior parte dos tutores, a castração precoce é indicada.

Entretanto, esses cães podem não apresentar o desenvolvimento corporal e a curva de

crescimento como esperados, os órgãos sexuais externos podem ficar com a aparência infantil ou podem desenvolver incontinência urinária em idade avançada.


Nas fêmeas, quando a castração é realizada antes dos primeiros cios, a chance de

aparecimento de tumores de mama reduz significativamente, além de evitar o incômodo de

sangramentos, crias indesejadas, infecções uterinas e falsa prenhez.


Já os machos tendem a tornar-se mais dóceis, diminuem hábitos como urinar levantando a

patinha em locais indesejados, montas inapropriadas (inclusive em pernas e almofadas), além do impulso de fuga pelo desejo de acasalar. Além disso, contribui também para diminuir problemas na próstata e testículos.


Em qualquer um dos casos citados os exames pré-cirúrgicos e presença de veterinários especialistas em cirurgia e anestesia, são cruciais para diminuir riscos de hemorragias, complicações e anestésicos.


A castração deve ser pensada de acordo com todos esses fatores. Não banalize a cirurgia,

independentemente da idade do pet. Apesar de ser um procedimento rotineiro, exige

conhecimento e técnica. Consulte seu médico veterinário para orientação individual do que é

melhor para seu pet.


**Segundo a Lei 14483 de 16 de julho de 2007, os canis e gatis estabelecidos no município de São Paulo somente podem comercializar, permutar ou doar animais esterilizados. O controle de natalidade de cães e gatos em todo o território nacional deve ser mediante esterilização permanente, segundo a Lei 13426 de 30 de março de 2017.


Até a próxima :)

#castracao #canina #saude #veterinaria #pros #contras

21 visualizações

Autenticão 2018

Todos os direitos reservados

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Google+ Icon

Autenticão - São Paulo - ​30.041.893/0001-84​ - PAC 9 dias úteis / Sedex 6 dias úteis

Site created by Carolina Koury