Petiko

Atualizado: 18 de Set de 2018



É com muita alegria que começamos esse post contando sobre nossa conversa com Rodrigo Furtado, COO da Petiko. Em um papo descontraído e divertido ele contou para nós sobre a história de sucesso (crescente!) do box mais querido entre tutores e peludos.


Quatro universitários apaixonados por pet e um sonho, assim nasceu a Petiko durante um evento de desafio de empreendedorismo da Universidade Federal de São Carlos. Na época, o projeto era bem diferente da caixinha de surpresas que temos hoje: a ideia era um app de agendamentos de consultas veterinárias, banhos e outros serviços. - Logo de cara, durante as mentorias que ocorriam no desafio da universidade, percebemos que não era aquilo que a gente queria fazer. Então demos um passo para trás e optamos por um portal de notícias, assim como a Autenticão. O box surgiu depois, o carro chefe era o blog. Geramos bastante conteúdo e começamos a recomendar produtos de parceiros e vimos uma demanda por consumo da própria marca Petiko, daí surgiu o box, entregar esse produto para os leitores. O box já existe há 3 anos. - conta Rodrigo relembrando o início da história da empresa.


"De início antes de colocar o produto, antes de modelar o produto, você precisa entender se há a necessidade do consumidor. Ás vezes começamos a pensar um negócio a partir de amigo e familiares ou uma rede próxima. Foge disso!"

O box Petiko entrega atualmente uma experiência com o pet. Para tutores é um momento de troca e descoberta, para empresas, um canal de marketing - uma grande oportunidade de entrar em diversos lares de adoradores de cães. A experiência que Rodrigo citou durante nossa conversa, inunda as redes sociais com vídeos e fotos de reações hilárias desde o momento da chegada da caixa, até sua abertura. A Petiko cria um verdadeiro acontecimento na casa de seus assinantes. - A gente foi percebendo essa reação aos poucos: primeiro a caixa chegava e o cachorro olhava meio de lado sem conhecer o que era. Já na segunda ou terceira vez, depois de conhecer os produtos, é só alegria e ciúme. Sei bem o que é isso! Tenho 9 cachorros em casa - 8 pinchers - eles não se mordem, mas é aquela disputa de quem vai ficar com tudo na caixa. - diz Rodrigo.


Grande parte de toda euforia e envolvimento também está ligada ao fato de que em cada mês o tema dos conteúdo da caixa é diferente. Mas nem sempre foi assim... No inicio não havia temática, pois todos estavam tentando entender as vontades e alegrias do consumidor.

Com o tempo, a ideia da temática surgiu como uma luva, agregando produtos diferentes que tivesse um diferencial ligado ao tema. - Por exemplo, se tem uma marca com um petisco funcional - com algum nutriente específico para o emagrecimento do cão - posso falar sobre academia! Isso torna tudo mais imersivo e criativo o tema. A gente só conseguiu fazer isso depois de algumas parcerias com fabricantes de tecido e pelúcia. Para conseguir tematizar a caixa eu precisava ter esses produtos que o mercado não oferecia. Principalmente as pelúcias, comprávamos da China e a qualidade não era muito boa... - diz Rodrigo.


Os parceiros que chegam até a sua casa são definidos pela Petiko. Alguns parceiros são fixos, outros são da própria marca Petiko. A prioridade é qualidade! Uma equipe que prospecta parcerias com novidades de mercado, recebe e estuda propostas externas para ações em conjunto. Quando acordo se concretiza, é criado material digital (posts no blog, postagens, envio para embaixadores...) para disseminar a novidade.


E chegamos a parte mais preocupa os novos empreendedores: será que hoje Rodrigo vive dos lucros da empresa que ele criou? Ele nos contou que no primeiro ano foi muito difícil, um dos sócios se desligou e optou por outro caminho profissional. Atualmente, todos os três sócios vivem exclusivamente da Petiko. Com muito trabalho, e junto a uma equipe incrível, construíram uma grande visibilidade para a marca.


Aos que estão chegando agora no mercado Rodrigo deixa a dica: - De início antes de colocar o produto, antes de modelar o produto, você precisa entender se há a necessidade do consumidor. Ás vezes começamos a pensar um negócio a partir de amigo e familiares ou uma rede próxima. Foge disso! Gaste uma graninha no Facebook e conheça com que você está falando. Melhor isso do que construir tudo sobre uma base que você não tem certeza. Foque no público antes do produto! - aconselha ele.


Para saber mais sobre a Petiko acesse o site http://box.petiko.com.br/cupom/autenticao e ganhe um presente especial dessa parceria!


Gostou desse post e pensou em alguém que devia estar por aqui, mande a sugestão para falecomniko@autenticao.com adoramos conhecer gente nova :) Até a próxima pessoal!

#empreendedorismo #mercadopet #investpet #box #petiko #entrevista

56 visualizações

Autenticão 2018

Todos os direitos reservados

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Google+ Icon

Autenticão - São Paulo - ​30.041.893/0001-84​ - PAC 9 dias úteis / Sedex 6 dias úteis

Site created by Carolina Koury